A Microsoft informou na última semana que recebeu uma licença do governo dos Estados Unidos para exportar softwares para a Huawei.

“Em 20 de novembro, o Departamento de Comércio dos EUA concedeu o pedido da Microsoft para uma licença para exportar softwares de mercado de massa para a Huawei. Agradecemos a ação do Departamento em resposta ao nosso pedido”, disse um porta-voz da Microsoft à Reuters por email.

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que permitiria que alguns fornecedores reiniciassem as vendas para a gigante chinesa de telecomunicações, que foi colocada em uma lista negra de comércio por questões de segurança nacional há seis meses.

O Departamento de Comércio confirmou que começou a emitir licenças para algumas empresas venderem produtos para a Huawei, expandindo a base de fornecedores da empresa e fornecendo a aguardada clareza ao setor que uma vez lhe vendeu bilhões de dólares em mercadorias.

Uma autoridade dos EUA disse que recebeu cerca de 300 pedidos de licenças, cerca de metade dos quais foram processados. Aproximadamente metade deles – ou um quarto do total – foi aprovado e o restante negado.

Não ficou claro imediatamente quais produtos foram aprovados para venda à Huawei, que é a maior fabricante mundial de equipamentos de telecomunicações e a segunda maior fabricante de smartphones. Uma pessoa familiarizada com o processo disse que foram aprovadas algumas licenças para vendas de componentes de celulares e componentes não eletrônicos.

A Microsoft se recusou a comentar além de sua declaração sobre quais produtos haviam sido aprovados e o Departamento de Comércio se recusou a comentar.

Fonte: Agência Reuters

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta