Após vivenciarmos uma transformação digital que impactou diretamente na forma como se faz negócio no país e no mundo, é necessário que as indústrias se atualizem e se aproximem das startups e de seu novo modelo de gestão. Pensando nisso, a A2C, empresa de transformação de marcas e de negócios e a Spin, primeira aceleradora especializada em startups com foco em indústrias do Brasil, com apoio da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), estão convocando startups e indústrias de todo o território nacional para participarem de um mapeamento exclusivo do setor.

O Mapa Startup+Indústria tem como objetivo detalhar e identificar soluções inovadoras caracterizadas pelo universo de startups, direcionando investimentos e desafios da indústria por todo o Brasil, gerando relacionamento e oportunidades de negócios. Os interessados a participar do mapeamento devem se cadastrar no site até o dia 29 de março.

Após o
cadastramento das informações, o mapa será disponibilizado em maio de forma
digital e gratuita. “Este mapeamento é
o primeiro de uma série, que deverá ser atualizado anualmente de forma a gerar
análises comparativas do ecossistema e seus setores, trazendo maior compreensão
sobre as características do ecossistema de startups e suas possíveis sinergias
com demandas industriais com foco na geração de relacionamento e oportunidades
de negócios”, comenta Beny Fard, head de
operações do Stanford Research
Institute no Brasil e CEO da Spin.

Segundo cálculos da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial
(ABDI), até 2028, 15% das corporações nacionais devem atuar baseadas no novo formato
de  Indústria 4.0 e, segundo Guto
Ferreira, presidente da ABDI, parte da missão da agência é fomentar o
networking entre startups e indústrias para
que soluções disruptivas auxiliem no desenvolvimento produtivo do país.

Para Anderson de Andrade, CEO da A2C, o mercado está pressionando para
que o setor se torne mais ágil frente às mudanças e uma da formas de promover a
inovação na nova economia é integrar o ecossistema de startups com o setor
fabril, por isso o Mapa Startup+Indústria
será tão importante para ambos os lados.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta