Artesanato em couro, produção de leite, embutidos e turismo são alguns dos projetos desenvolvidos nessas cidades reconhecidas pelo Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, em sua 3ª e 4º edição, respectivamente

No município de Cabaceiras, no Cariri, em pleno sertão da Paraíba, a chuva só chega em 30 dias no ano. As condições não são favoráveis, mas isso não foi empecilho para que a cidade fosse uma das vencedoras da 3ª edição do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. O reconhecimento veio da sua capacidade de transforma tanta adversidade em oportunidade por meio da ovinocaprinocultura (carne, leite, derivados, couro, dentre outros subprodutos).

Um dos instrumentos de transformação utilizados pela comunidade tem sido o estímulo ao empreendedorismo. A caprinocultura é a principal vocação econômica da região. O Sebrae atua diretamente no fortalecimento das atividades de produção por meio da oferta de cursos, capacitação de mão de obra e consultorias. “O projeto reconhecido pelo Prêmio foi o passo que Cabaceiras precisava para ganhar vida própria. Os resultados vieram de toda parte. Até o turismo receptivo obteve resultado, pois as pessoas ficaram curiosas para conhecer a criação de ovinos – caprinos em condições climáticas desérticas”, explica Maura Miraglia, analista de Políticas Públicas do Sebrae.

Chapecó

O município de Chapecó deu um passo a mais, além do que previa o significado do próprio nome. Oriunda do tupi Xapeco, a denominação quer dizer “lugar de onde se avista o caminho da roça”. Atualmente, Chapecó é conhecida como a capital nacional da agroindústria, com uma das mais fortes economias de Santa Catarina. Firmou-se também como pólo nacional de suinocultura e avicultura.

Na cidade, também foi lançado o primeiro queijo de ovelha fabricado no Brasil. Batizada
na Itália como Pecorino, essa delícia somente poderia ser consumida por meio de importação da Europa. A comercialização da novidade abre novas perspectivas econômicas para os produtores familiares do oeste de Santa Catarina que fornecem a matéria-prima. “Chapecó potencializou e desenvolveu as MPE, seja na abertura de empresas de prestação de serviços, fornecedores, seja na produção de embutidos”, afirma Miraglia.

X Edição
premiação nacional, acontece em Brasília, dia 5 de junho, a partir das 19h, na sede do Sebrae Nacional. Para comemorar os resultados alcançados, esta edição homenageia o ex-presidente Juscelino Kubitschek, que também foi prefeito de Belo Horizonte, no período de 1941 – 1945. O prêmio reconhece prefeitos que criam condições favoráveis às micro e pequenas empresas e aos microempreendedores individuais, já que o crescimento econômico das cidades passa pela melhoria do ambiente dos pequenos negócios.

Assessoria de Imprensa Sebrae
Telefone (61) 3348-7570 / (61) 3348-7754

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta