De forma online, os empreendedores receberão mentorias, capacitações online e webinars direcionados pelos próximos quatro meses

Empresas estabelecidas, desenvolvendo soluções inovadoras em produtos ou serviços, em estágio de operação e tração, com as primeiras vendas já realizadas ou uma crescente base de usuários, e que estejam em busca de conexão com o mercado e investidores. Esses foram os critérios utilizados pelo InovAtiva Brasil para selecionar as 137 soluções que farão parte do ciclo de aceleração 2020.1 do maior programa de aceleração de startups da América Latina.

“Ao todo, recebemos 694 inscrições de startups de todos os estados brasileiros para o primeiro ciclo de 2020. Isso mostra como o empreendedorismo vem evoluindo em todo o país, corroborando com nossa premissa de fazer com que o Brasil seja reconhecido por seu ecossistema de inovação”, afirma Gustavo Ene, Secretário de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Serviços e Inovação da Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia.

Nos próximos quatro meses, as startups selecionadas passarão por um processo de aceleração online, que inclui mentorias individuais, coletivas e especializadas; treinamento de pitch; atividades digitais; e o acesso a webinars instrutivos. Ao final desta capacitação, essas empresas serão convidadas a participar do InovAtiva Experience, evento de encerramento do ciclo no qual os empreendedores têm a oportunidade de apresentar seus negócios para uma banca de investidores, grandes empresas e aceleradoras.

O diretor do Sebrae, Bruno Quick, lembra que já foram mais de mil startups aceleradas ao longo de 10 ciclos do programa e, este ano, os desafios são maiores. “A participação no InovAtiva Brasil é uma grande oportunidade para esses negócios se inserirem no ecossistema de inovação, tendo acesso a contatos e conexões com grandes empresas, investidores, mentores e outros atores que podem fazer a diferença na evolução da empresa”, ressalta.

Sobre as selecionadas
Representando 21 estados brasileiros, essas startups estão situadas principalmente na região Sul (38,7%). Funcionando no modelo de negócios SaaS (44%), essas empresas já receberam algum tipo de investimento (53%). Além disso, mais de 50% dos projetos atuam com grandes empresas como fornecedores ou participando de programas de inovação aberta.

Formadas por equipes de três a quatro pessoas (35%), elas oferecem soluções, majoritariamente, para o setor de Serviços (13%) e no último ano tiveram faturamento de até R$ 50 mil (41%).

A lista com todas as empresas selecionadas está disponível no site do programa: https://www.inovativabrasil.com.br/aprovadas2020-1/

Sobre o InovAtiva Brasil
O InovAtiva Brasil é um programa gratuito para aceleração de negócios inovadores de qualquer setor e região do Brasil, realizado pelo Ministério da Economia e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com execução da Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI). O programa oferece mentorias, visibilidade às startups e conexão com investidores, grandes empresas e parceiros. Entre 2013 e 2019, mais de 2000 startups de todas as regiões do Brasil participaram do programa e mais de 1000 delas chegaram à fase de apresentar suas soluções em bancas presenciais com investidores.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta