O Instagram anunciou mais uma novidade na plataforma: a partir de agora, o nome de tag, criado em 2018 como uma espécie de cartão personalizado, passa a ser um QR Code, que pode ser lido não apenas dentro do próprio aplicativo, mas por qualquer programa com suporte ao recurso.

A nova função está disponível para todos os usuários da comunidade como uma maneira fácil de descobrir e se conectar com novas pessoas e interesses na plataforma. “À medida que empresas em todo o mundo expandem sua presença digital para se adaptar às necessidades de seus clientes e começam a se preparar para reabrir as portas de seus locais físicos, queremos oferecer mais uma forma para que eles possam se conectar com os seus consumidores, sejam eles usuários do Instagram ou não”, disse a empresa em comunicado.

O suporte a QR Codes na plataforma permitirá que as pessoas verifiquem o horário atualizado da loja, comprem produtos ou serviços e busquem mais informações sobre a marca. Todos os usuários podem acessar os seus próprios QR Codes por meio do menu de seus respectivos perfis, porém, se ele desejar fazer download do seu QR code, pode acessar a página da web.

Como ler um QR code:

– Abrindo a câmera do Stories, mantenha o visor focado no QR Code;

– Abrindo a câmera específica para QR Code do Instagram, aponte-a para um QR Code. Para acessar esta ferramenta, os usuários devem acessar Configurações em seus perfis e selecionar a opção “Código QR”. Com ela, você também pode fazer o upload de uma imagem contendo um QR Code;

– Use qualquer câmera de terceiros com suporte para leitura de QR Code.

Em todos os casos, a leitura do QR Code levará as pessoas para o perfil do usuário ou empresa. Aqueles que ainda não têm o aplicativo do Instagram instalado, serão direcionados para a experiência Web do Instagram, que possui um link para a App Store. Já os usuários com o aplicativo do Instagram instalado serão direcionados ao perfil da conta. “Sabemos que o caminho à frente para restaurantes e outras pequenas empresas pode ser desafiador. Por isso, continuaremos a criar produtos para ajudá-los a serem descobertos, se conectar com as pessoas e apoiá-los enquanto procuram novas maneiras de se aproximarem de suas comunidades”, finalizou.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta