Due diligence é um termo bastante utilizado em negociações de empresa, tanto aquisições quanto fusões. Normalmente a due ocorre em etapas mais avançadas de negociação. 

A due diligence, que pode ser traduzida como diligência prévia, é uma auditoria detalhada de uma empresa, normalmente uma empresa que está em processo de venda ou fusão. E tem como intuito verificar diversos aspectos da empresa, da gestão e dos números da empresa. Ela diferencia da auditoria independente, por exemplo, por focar em aspectos que o contratante deseja saber, além do padrão de auditoria de demonstrativos contábeis.

A due diligence é comum em processos de fusão e aquisição de empresas, ela costuma acontecer por necessidade do comprador, que busca através dela confirmar se as premissas que está utilizando no valuation e negociação são verídicas, além de verificar potenciais riscos e contingências do negócio alvo.

A due pode abranger aspectos financeiros, contábeis, previdenciários, trabalhistas, imobiliários, jurídicos, tecnológicos, ambientais e outros. Na prática a due diligence é feita sob qualquer dado que o contratante deseja saber.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta