Na próxima etapa, as 90 startups selecionadas receberão 45 horas de mentoria com especialistas em sete temas estratégicos

Um total de 223 empresas inovadoras participaram da etapa de workshops do programa Capital Empreendedor, realizado em nove estados (AM, ES, PB, PR, RO, RS, SC, SP e TO), promovido pelo Sebrae para aproximar empreendedores de startups e investidores. Iniciada no último dia 20 de julho e encerrada nesta sexta (28), esta etapa contou com seis módulos online que totalizaram 18 horas de aprendizado, por estado, sobre investimentos, levantando desde os conceitos mais básicos e iniciais, questões jurídicas e contratuais, e até uma simulação de acompanhamento de negócios e do processo de aceleração. Após o pitch para a banca de investidores, 90 startups (10 em cada estado) foram selecionadas para a terceira fase do projeto, as Mentorias.

“Muitas vezes o empreendedor quer buscar um investimento para escalar o seu negócio, mas ainda não entende as responsabilidades que ele assume ao buscar esse tipo de capital, então o Sebrae vai prepará-lo para que ele consiga alçar esse voo”, explica a analista Maria Auxiliadora Umbelino, gestora Nacional do Projeto, da unidade de Capitalização e Serviços Financeiros do Sebrae. “Por isso, nesta segunda fase do Capital Empreendedor, nós trabalhamos a percepção e o conhecimento das empresas em relação aos investimentos e orientamos os empreendedores sobre o melhor caminho para que eles consigam realizar seus projetos inovadores”, completa.
Além das atividades conduzidas por facilitadores com materiais teóricos e exercícios, os Workshops contaram com painéis com vários convidados: investidores, escritórios jurídicos especializados em contratos de investimentos e empreendedores que receberam investimento. Os participantes tiveram, ainda, a oportunidade de fazer networking não só com possíveis investidores, mas também com outros empreendedores. “Este ano nós tivemos mais de 130 investidores convidados que participaram de painéis e das bancas. Além disso, ali eles têm a oportunidade de conversar entre si e enriquecer sua rede de contatos, conhecer fornecedores, parceiros e até sócios. Essa é a riqueza do projeto”, conta a analista.

Na próxima etapa, de Mentorias, os 90 selecionados pela banca e pelos facilitadoresreceberão orientação de mentores especialistas. Neste momento, eles receberão 8 horas de orientações coletivas e 37 horas de mentorias individuais, com especialistas em sete temas: negócios, comportamento empreendedor, internacionalização, Growth Produtos e Dados (GPD), governança, máquina de vendas e pitch deck.

As empresas finalistas, que seguirão para a última etapa em 2020, o circuito de investimentos (fase em que as empresas sentarão à mesa com investidores para apresentar seus negócios), contarão com atendimento continuado, por meio de mentorias.
Capital empreendedor

Em suas três edições do projeto Capital Empreendedor ofertou mais de 6 mil horas de capacitação e mentoria para as cerca de 500 startups, que foram acompanhadas desde a etapa inicial de workshops até a etapa final, no circuito de investimentos. Nas duas edições anteriores do programa, 30 empresas fizeram acordos de investimentos, totalizando R$ 21 milhões.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta