O Banco Bmg anunciou a aquisição de 50% da Araújo Fontes Consultoria e Negócios Imobiliários e da AF Invest Administração de Recursos, umas das principais boutiques de assessoria de investimento independentes no Brasil. A compra tem como objetivo trazer competência dedicada para o Bmg ampliar sua oferta de produtos e serviços no segmento de atacado e atuar com gestão de recursos. 

Para a realização da operação, o Bmg aportará, aproximadamente, R$ 150 milhões, composto por uma parcela fixa de R$ 85 milhões e por um potencial valor variável, estimado em R$ 65 milhões.

“Essa aquisição é essencial para o crescimento do Bmg em novos nichos de negócios e a Araújo Fontes nos dá a competência necessária para que isso seja realizado de maneira sustentável. Ao mesmo tempo, a operação confere ao banco a oportunidade de manter o foco interno no varejo. A partir de agora, conseguiremos oferecer produtos para um novo perfil de clientes e acelerar o crescimento dos negócios”, afirma Ana Karina Bortoni Dias, CEO do Bmg.

O negócio cria, ainda, o segmento de Gestão de Recursos, com forte sinergia para o cliente do varejo mar aberto e alta proposta de valor para atrair novos clientes para o banco digital, ampliando assim as fontes de captação.

“Hoje, o Bmg é um banco completamente diferente do que era há poucos anos. Estamos investindo, constantemente, em novas tecnologias, estratégias digitais e novos negócios para oferecer serviços que atraiam um número mais amplo de clientes. A aquisição de participação acionária na Araújo Fontes e na AF Invest é mais um passo na transformação do Bmg em um banco completo, que está atualizado para ampliar seu mercado endereçável, e ampliar suas fontes de receitas”, complementa Flávio Guimarães, Vice-presidente do Bmg.

O Bmg atingiu 5,6 milhões de clientes ativos em março de 2021, crescimento recorde de 30,4% nos últimos doze meses, com 5,2 mil novos clientes por dia útil no primeiro trimestre do ano. “Considerando-se o critério do Banco Central, atingimos 7,2 milhões de clientes totais e aumentamos em 3,7 vezes a quantidade de contas nos últimos 12 meses, atingindo 3,9 milhões de contas digitais, tendo aberto a quantidade recorde de 20,9 mil contas por dia útil no primeiro trimestre de 2021”, finaliza Ana Karina.


Foto de destaque: Ana Karina Bortoni Dias, CEO do Bmg.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta