* Por Yago Almeida

Durante muito tempo, a contratação de funcionários foi baseada apenas no tempo de experiência ou na comprovação de resultados, de acordo com as funções específicas de cada vaga. Hoje em dia, além desses fatores, é necessário avaliar se a postura do profissional está alinhada com a cultura da sua empresa e se ele tem facilidade de estabelecer boas relações com outros colaboradores. 

Se você é brasileiro, já conhece a nossa mania de utilizar muitas palavras estrangeiras para definir termos que já funcionariam muito bem em português. Uma dessas palavras é “Soft Skills”, que nada mais são do que as habilidades interpessoais. Essas habilidades estão relacionadas à facilidade de construir boas relações, ter clareza na comunicação e um pensamento voltado para resultados. 

Segundo a Forbes, que é uma das revistas de economia e negócios mais conhecidas do mundo, estas são as 6 Soft Skills mais requisitadas pelo mercado atual: 

1 ) Comunicação eficaz: 

Saber transmitir e interpretar ideias de forma clara, ter facilidade de falar com diversos públicos e capacidade de ouvir atentamente; 

2) Pensamento criativo: 

Elaborar soluções de forma rápida e inovadora, ajudando as empresas a encontrarem oportunidades em tempos de crise; 

3) Resiliência:  

Saber se recuperar após enfrentar adversidades, o que possibilita aprendizados nos momentos de dificuldade; 

4) Empatia:  

Essa habilidade é essencial, principalmente para líderes e gestores. A empatia é a capacidade de se colocar no lugar do outro, entender como ele se sente e como as dificuldades podem afetá-lo; 

5 ) Liderança:  

Basicamente, a liderança é um produto da soma de todas as habilidades anteriores. Um bom líder é aquele que, além de saber se comunicar bem, ser criativo, resiliente e empático, tem uma grande facilidade de motivar e engajar pessoas a atingirem os seus objetivos; 

6) Ética no trabalho: 

Talvez essa seja a habilidade mais difícil de desenvolver. A ética no trabalho está relacionada com a influência da família e dos amigos e a convivência em trabalhos anteriores. Além disso, o mercado atual pode tornar as pessoas mais competitivas e egoístas e, nesse cenário, a ética fica totalmente ameaçada. 

Identificar Soft Skills nos funcionários de uma empresa não é tão fácil. É necessário repensar os processos seletivos, acompanhar os colaboradores mais de perto e até mesmo promover dinâmicas ou projetos que necessitem da aplicação dessas habilidades. Dessa forma, é possível perceber as facilidades e dificuldades de cada colaborador e trabalhar em conjunto para melhorar os pontos fracos e fortalecer os pontos fortes. 

Mesmo que seja trabalhoso, contratar e manter colaboradores que tenham as habilidades interpessoais que você precisa e estejam alinhados com a cultura da sua empresa, facilita a convivência e te ajuda a alcançar resultados melhores, principalmente nos momentos de crise.


Yago Almeida é o Diretor de Novos Produtos da Olho no Carro, startup que oferece consultas de histórico veicular e ajuda milhares de brasileiros na compra de veículos usados e seminovos. A proposta que o Yago traz, é oferecer aos consumidores total autonomia e maior segurança nas negociações de veículos. Por meio de uma interface cada vez mais intuitiva e fácil, e pelas tecnologias trazidas nas consultas, os consumidores podem ter acesso a informações completas da situação do carro que pretendem comprar e evitar problemas e prejuízos financeiros.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta