No dia 23 de maio acontecerá o Hackaday MindSphere Brasil , o evento tem como propósito fomentar o networking entre startups e indústrias mostrando com soluções inovadoras e que melhorem a performance das empresas. As inscrições podem ser feitas  até o dia 02 de maio através do site.

O evento acontecerá no Digital Enterprise Experience Center da Siemens, onde os participantes poderão  apresentar soluções reais em IoT (Internet das Coisas) para clientes da Siemens, estabelecendo networking com contatos estratégicos além de ampliarem seus conhecimentos com os conceitos e aplicações da indústria 4.0 desenvolvendo um aplicativo dentro do MindSphere, plataforma de IoT .

“A expectativa da Siemens é aumentar o relacionamento da empresa com desenvolvedores. Nosso intuito é que junto com eles possamos resolver os desafios reais de clientes potenciais para introduzi-los aos primeiros passos da Indústria 4.0,” explica Murilo Morais, especialista em MindSphere da Siemens no Brasil.

Ao todo, 45 participantes serão selecionados para participar do Hackaday. Os participantes podem ser startups já formadas ou participantes individuais que terão suas equipes montadas durante o evento. Essa seleção será feita pela própria equipe da Siemens, depois de analisar vídeos de um minuto enviados pelos candidatos completando a seguinte frase: “O que me motiva a participar deste desafio é imaginar que eu e minha equipe somos capazes de _____”, além de um questionário com informações básicas relacionadas à experiência. Ao se inscrever, a(o) participante receberá um DevKit, kit do desenvolvedor contendo o material de estudo preliminar e toda a agenda do evento.

Os participantes terão que entender o problema do cliente, pensar de forma inovadora e criar a primeira versão de um aplicativo dentro da plataforma MindSphere, sistema operacional aberto baseado em nuvem da Siemens. Posteriormente eles terão a oportunidade de apresentar suas ideias na Fispal Tecnologia, reconhecida como um dos maiores eventos de soluções e tecnologia para o segmento de alimentos e bebidas da América Latina.

Por meio dessa iniciativa, espera-se aumentar  a competitividade dessas grandes empresas globais por meio de soluções que conectem seus ativos ao mundo digital fornecido pelas startups.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta