Há exatos três anos, o Google for Startups Campus em São Paulo abriu suas portas para a comunidade de startups no Brasil. Nesse período, o ecossistema evoluiu muito e hoje não há mais dúvidas sobre o papel fundamental das startups na criação de negócios de alto potencial de crescimento, na aceleração da economia e geração de novos empregos no país e, claro, na formação de novos hábitos na sociedade.

A missão do Google for Startups é alavancar ecossistemas empreendedores e apoiar startups ao redor do mundo no seu crescimento, conectando cada uma delas ao melhor do Google. Eles alcançaram resultados importantes para o ecossistema de startups do Brasil, como por exemplo, ele é o maior Campus do mundo em número de membros e grandes números a celebrar:

  • 90 startups apoiadas em programas de longa duração;
  • 5.300 empregos gerados por startups da comunidade;
  • US$ 247 milhões em investimento captado por startups da comunidade,
  • 24.000 pessoas participaram de eventos organizados pelo Google e por membros da comunidade no Campus.

Muito além dos números, existem diversas histórias inspiradoras dos fundadores e dos times que passaram pelos programas. Ao longo desses três anos, eles apoiaram startups em todos os estágios da sua jornada, desde aquelas que tinham apenas um mínimo produto viável, passando por times em fase de crescimento até empreendedores vivendo os novos desafios de escalar seus negócios.

Uma dessas histórias é a da Hyppe, uma solução de gestão financeira para personal trainers através de um app simples e intuitivo. Fundada em 2018 em Belém(PA), a startup foi a primeira da região Norte a ser selecionada para participar de um programa de longa duração do Campus.

Como parte da primeira turma de 2019 da Startup Zone, programa presencial destinado a startups em estágio inicial, os três fundadores – Júlio Almeida, Fabio Zamora e Allan Contente – deixaram sua cidade natal para passar os três meses de duração do programa se dedicando integralmente à empresa que estava nascendo.

Neste curto período de tempo, focaram em evoluir o modelo de negócios, lançaram o aplicativo nas versões Android e iOS e iniciaram o processo de vendas para o seu público-alvo. A experiência no Campus se mostrou tão promissora que o time decidiu se mudar permanentemente para São Paulo após o término do programa para focar no próximo estágio de desenvolvimento da startup.

A passagem da Gupy no Campus também foi marcante. Fundada por Mariana Dias, Bruna Guimarães, Guilherme Dias e Robson Rodrigues, a startup utiliza machine learning e inteligência artificial no processo de recrutamento e seleção de talentos, tornando-o mais eficiente para as empresas e melhor para os candidatos.

A Gupy passou pelo nosso Programa de Residência nas turmas #2 e #3, além de ter participado de um programa voltado especificamente ao tema de inteligência artificial na Communitech, parceiro do Google for Startups em Waterloo (Canadá). Hoje a Gupy é referência em tecnologia e inovação na área de gestão de pessoas, com usuários em 10 países e R$14 milhões captados em investimentos para acelerar o seu próximo ciclo de crescimento.

Por fim, a trajetória da IDwall também é daquelas que não podemos deixar de mencionar como parte da história do Campus no Brasil. Fundada por Lincoln Ando e Raphael Melo, a startup conecta pessoas e negócios usando a tecnologia para construir confiança e solucionar o problema das fraudes de identidades em diversos setores.

Em 2016, recém-fundada e com um time de 4 pessoas, a IDwall foi selecionada para a turma #1 do Programa de Residência e permaneceu no Campus por um ano. Nesse período aprimorou sua tecnologia, cresceu o time e participou de um programa no Google for Startups Campus em Tel Aviv (Israel) focado especialmente no tema de cybersecurity. Em 2018, foi uma das startups selecionadas para o Launchpad Accelerator Brazil e hoje, já em um momento de escalar suas operações, deve encerrar o ano de 2019 com um time de 150 pessoas.

Neste aniversário do Google for Startups Campus em São Paulo, a empresa reforça seu compromisso de continuar apoiando as startups nos principais desafios da sua jornada de crescimento e, por isso, preparou uma série especial de eventos e workshops que acontecerão ao longo do mês de julho, com conteúdos do Google para startups em diferentes estágios.

Além disso, anunciaram uma a nova grade de programas do Google for Startups, que inclui as próximas turmas do Programa de Residência e da Startup Zone, a reformatação do Startup School e do Exchange e o lançamento do Growth Lab, um programa com duração de 4 meses para negócios em estágio de escala e do Digital Native News Incubator, destinado a startups do meio jornalístico.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta