A Gadle, plataforma de logística urbana que conecta empresas a motoristas de VUCs (Veículo Urbano de Carga), anuncia mudança de nome e passa a se chamar Vuxx. Fundada em 2016, a logtech recebeu uma rodada de investimento Seed neste ano no valor de US$1 milhão (cerca de R$ 4 milhões), passando a crescer 35% ao mês. A empresa já está negociando uma nova rodada de investimento de aproximadamente US$ 8 milhões para acelerar o crescimento e montar o alicerce para a expansão nacional em 2020.

“O novo investimento apoiará a nossa consolidação e expansão no mercado. Contrataremos mais 30 engenheiros para aprimorarmos nossa plataforma, desenvolver mais algoritmos de inteligência artificial e levarmos cada vez mais eficiência e automação aos nossos clientes. Paralelamente, queremos ganhar escala em outros importantes centros do Estado de São Paulo para, em 2020, iniciarmos a expansão em outras capitais.”, explica Felipe Trevisan, fundador e CEO da agora Vuxx. “A mudança de nome também é algo importante e nos aproxima de nossos motoristas parceiros”, explica.

A Vuxx nasceu após Felipe voltar de um intercâmbio na Austrália, onde trabalhou como “chapa” – aquele ajudante de caminhoneiros – e como motorista, fazendo entregas na região metropolitana da cidade de Sidney.

“Trabalhando com logística na Austrália, senti a ‘dor’ do transportador e percebi que era possível termos plataformas e tecnologias que ajudariam todos os envolvidos no serviço de transporte de cargas, seja o caminhoneiro, o cliente ou a empresa que vai receber o produto. Quando retornei ao Brasil, trabalhei em outras logtechs e enxerguei no modelo da Vuxx um nicho bem interessante.”, pontua Felipe.

Como funciona

Empresas que precisam transportar volumes fracionados de carga para seus clientes acessam a plataforma gratuita da Vuxx e solicitam um motorista parceiro para realizar o transporte fracionado.  Ao acessar a plataforma, o usuário deve informar os dados das mercadorias, como dimensões e tipos de materiais; o tipo de veículo que deseja contratar e, em segundos, a cotação aparece na tela.

Em menos de uma hora após a aprovação do orçamento, os motoristas parceiros da Vuxx retiram a carga no local indicado, com total segurança e rastreamento em tempo real até o exato momento da entrega, com o status do serviço e os comprovantes da entrega digital.

Para se cadastrar, os motoristas parceiros devem acessar o site da Vuxx, clicar em “seja um motorista” e fazer o pré-cadastro. Todos os cadastrados passarão por rigorosas práticas de gestão de risco e treinamento.

“O nosso diferencial é justamente o compartilhamento do veículo. A logística é parte importante dos custos de uma empresa. A plataforma organiza a demanda por geolocalização, de forma que um mesmo motorista consegue atender diversas solicitações, otimizando a rota e os custos de deslocamento. Por isso, conseguimos ser mais competitivos para empresas que hoje mantém frota própria e até para aquelas que contratam transporte avulso”, explica Felipe.

Plataforma integrada

A Vuxx oferece recursos de Inteligência Artificial e Big Data, integradas aos aplicativos Waze e Google Maps, para indicar aos motoristas parceiros as melhores rotas, assim como garantir rastreamento e transparência ao contratante, cada entrega é acompanhada por fotos e assinaturas digitais georeferencaidas. Ficam disponíveis também as informações sobre agendamentos e destinatários, auxiliando o planejamento e a produtividade dos motoristas. Além disso, a empresa disponibiliza um canal de comunicação entre motorista, cliente, destinatário e SAC, em funcionamento 24 horas e 7 dias por semana.

A Vuxx atua na região metropolitana de São Paulo e já conta com mais de 5 mil motoristas parceiros cadastrados. Até o fim de 2019, a empresa deve ampliar sua atuação para 15 cidades no Estado de São Paulo. Para 2020, a empresa planeja estar 30 cidades em todo o Brasil.

Publicação Original


Deixe uma resposta