Com o objetivo de compreender o ecossistema de startups nas mais diversas regiões do país, a Associação Brasileira de Startups (Abstartups) acaba de divulgar um novo mapeamento de startups da região norte do país. O estudo, feito entre os meses de maio e junho deste ano, apresenta dados interessantes em relação ao perfil das startups locais, como porte, número de colaboradores, perfil dos fundadores e setor de atuação.

Segundo o levantamento, existem, ao todo, 266 startups na região, sendo Amazonas (29%), Pará (24%) e Rondônia (14%) os estados com mais concentração dessas empresas. Outro dado importante é que o segmento que mais se destaca é o de Educação, seguido por Finanças e Agronegócios. Em relação ao modelo de negócios, 26% são Marketplaces, 25% são atuam no segmento SaaS e 9% tem foco em serviços e soluções para o mercado de Consumo.

A pesquisa também mostra que os empreendedores da região são em sua maioria do sexo masculino, contabilizando 46% do total, contra 8% do sexo feminino. Ao todo, 27% das startups locais tem mais de um fundador, sendo a maioria homens e, em apenas em 9% delas, a proporção de fundadores é igual entre ambos os sexos.

De acordo com o Presidente da Abstartups, Amure Pinho, grande parte das startups da região já passaram pela fase de ideação, e se encontram principalmente na fase de operação. “Quando analisamos o nosso país como um todo, podemos perceber que aregião norte tem desenvolvido muito seu ecossistema, sendo que 36% das startups estão na fase de operação. Acredito que, para os próximos anos, teremos a maioria delas na fase de tração”, explica.

Para acessar o mapeamento completo, acesse aqui.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta