Startups são empresas inovadoras que captam dinheiro em troca de participação acionária, portanto, a estrutura de capitalização da empresa é relevante. Acompanhe os pontos que Gilberto Ribeiro (sócio da VOX Capital) destacou durante sua palestra na Conferência Nacional da Anjos do Brasil em 2018.

Captable faz parte da sopa de letrinhas cotidiana do investidor e significa a tabela de capitalização da empresa: são as participações distribuídas no capital social da empresa. Normalmente é um dos principais pontos de atenção quando se negocia o investimento com um fundo ou com um investidor anjo.  Na hora de olhar para o Captable, são avaliados os números e a história que eles contam, alguns exemplos de perguntas que ajudam a entender o captble de uma startup são: como está distribuída a participação entre os empreendedores, qual percentual o anjo vai ter e quais direitos esse percentual dá acesso. 

Gilberto trouxe insights que apoiam a tomada de decisões mais inteligentes na hora de empreender, na hora de investir ou na hora de procurar investimento:

1) Mais nem sempre é melhor: Como ser econômico temos a tendência de maximizar tudo o que temos, mas nem sempre mais participação é melhor, nem para o investidor nem para o empreendedor.  A análise da participação acionaria é um dos pontos que os investidores observam, mas não é o único que influencia no critério de decisão.

Questões como time, maturidade e estrutura do deal são fatores importantes para a decisão de investimento. Veja como Gilberto coloca cada um deles e entenda melhor a mentalidade dos investidores:

  • Time: Fundamental! Quando a gente fala “time” e não “o empreendedor” é porque justamente empresas são organismos complexos, buscamos complementaridade no time, capacidade de execução, conhecimento de causa, pessoas que estão genuinamente motivadas para fazer o que elas fazem.
  • Maturidade: Superimportante! Fazemos investimento num estágio muito específico da vida das empresas, então, existem empresas que não chegaram naquele estágio de maturidade, mas que precisam daquela quantidade de dinheiro ou precisam até de menos dinheiro, mas o produto não tem tração adequada e ainda não encontrou o seu mercado adequado. Maturidade é um tema que permeia muito as decisões de não investir.
  • Deal: Uma decisão central para que o investidor não avance é a estrutura do deal, ou seja, a estrutura do investimento. E quando falamos em estrutura de investimento, um dos fatores chaves é a paz societária. O investimento é uma relação de longo prazo onde se tudo ocorrer bem, conviveremos nos próximos 5 anos e se não tivermos um convívio societário adequado, na primeira dificuldade é possível que a empresa sofra por causa dos sócios. Captable é um tema central quando falamos de paz societária, e não são raros os casos de empreendedores que estão na primeira rodada de investimento e já não tem mais quase participação na empresa deles. Existem casos de empreendedores que foram trazendo conselheiros, advisors ou alguém que ajuda em troca de equity e quando você vê, tem muita gente e um captable poluído, mas quem trabalha efetivamente tem pouca participação. Então, quando você anjo for pensar em fazer um investimento, maximizar sua participação num estágio muito inicial não necessariamente é a decisão mais inteligente. E você empreendedor, o que você mais tem de valioso é a participação, tome cuidado e trate-a com carinho.

2) Startups bem-sucedidas, tem várias rodadas de investimento: Fazemos investimento sabendo que as empresas boas sempre vão precisar de muito mais dinheiro, logo, a rodada de captação atual não é sua última rodada: a rodada anjo é o comecinho da jornada. A decisão societária deve maximizar as chances do seu portfólio conseguir novas rodadas.

Quer receber mais dicas como essa? Em breve divulgaremos a segunda parte do relato sobre “4 pontos-chave para entender Captable” e vamos abordar questões como diluição, participação e retorno de investimento.

​A Conferência Nacional da Anjos do Brasil já tem data marcada! Quer saber mais sobre o ecossistema e participar de palestras como a do Gilberto? É só clicar no botão abaixo:

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta