PUBLIEDITORIAL

Se antigamente a pesquisa por produtos de moda como calçados, roupas e acessórios era feita de site em site, o advento dos buscadores e marketplaces veio para mudar tudo.

Dentro desse contexto, em 2016, após seu primeiro negócio bem-sucedido ser vendido, o empreendedor Leonardo Alonso decidiu apostar ainda mais no o Lounge A, startup que atua no ramo de busca de produtos na Internet.

Após muita experimentação e planejamento, foi possível criar um modelo que se encaixasse tanto para o público nacional quanto para o de fora, englobando não somente o usuário final, mas os e-commerces que desejam incluir seus produtos no site. E isso tudo foi feito com capital próprio, sem a necessidade de investidores até a metade de 2019. Hoje, a startup está prestes a se internacionalizar.

A consolidação da Plataforma

Agregando valor ao entregar o que as pessoas buscam, o negócio possui um robô que navega por centenas de e-commerces diariamente e disponibiliza as informações em uma única plataforma, permitindo que consumidores comparem produtos como sapatos, camisetas, bolsas, vestidos e tênis dentre outros e possam ir à sua loja predileta fechar a compra apenas com um clique.

“Durante esse tempo o negócio amadureceu e as condições para a internacionalização apareceram, refletindo o momento que a empresa vive. Através de parcerias estratégicas, estamos abrindo caminho para que o Lounge A ganhe ares globais”, diz Leonardo.

O grande diferencial para os concorrentes está na qualidade dos resultados de busca que a empresa entrega e na liberdade para a inclusão de lojas de qualidade de forma gratuita, não sendo necessária qualquer ação por parte das lojas virtuais. “O foco é o consumidor. Por isso, toda loja de moda pode fazer parte, e não somente as parceiras”, completa. Atualmente a Plataforma abrange mais de 200 lojas e contabiliza 500 mil produtos em sua base de dados.

Planos futuros

A empresa passou por um profundo desenvolvimento interno nos primeiros dois anos e somente em 2019 a transição para atuar mais fortemente no mercado foi feita, tendo sido iniciada a captação de recursos nessa fase – consequência da consolidação de sua tecnologia escalável, sendo seu segredo para o sucesso. E a ideia de aplicá-la a outros nichos está no ar. Para se ter uma ideia, o atual sistema é capaz de fazer uma varredura completa em um milhão de produtos em um período de 24 horas, incluindo novos itens e atualizando preços com uma defasagem mínima de tempo.

Com o passar dos meses e o acúmulo de negócios dentro de um mesmo guarda-chuva, a empresa poderá se tornar um ponto central de buscadores segmentados no Brasil e internacionalmente. Mas para que isso se torne realidade, muito terá que ser feito. “No momento, o foco está em entregar resultados positivos aos investidores que estão entrando para que na próxima rodada o leque de possibilidades possa ser aberto”, finaliza.

A empresa buscou caminhos para a internacionalização de forma um pouco diferente dos conhecidos fundos de investimento, partindo para um contato mais direto com parceiros com uma estrutura prévia e disponíveis a colocar o negócio em prática rapidamente, englobando empresários portugueses e franceses. E com toda a estratégia de escalonamento desenvolvida e pronta para entrar em prática, a startup estará finalmente dando o salto na qual vêm se preparando a tanto tempo.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta