Manter um site na internet já não é mais sinal de inovação. Hoje, é essencial oferecer esse canal de vendas para o consumidor. Em tempos de concorrência acirrada para atrair leads, as técnicas para gerar tráfego estão sendo utilizadas cada vez mais. E não adianta aplicar qualquer ferramenta, é preciso adotar estratégias de acordo com seu público para uma comunicação mais assertiva.

Uma estratégia que está em alta e cada vez é mais utilizada é o Link Building, um conjunto de técnicas para gerar links de outros sites e, com isso, atrair clientes e autoridade para a página. É um dos principais fatores de ranqueamento utilizados pelo Google, desde que os sites tenham estratégias legítimas de criação. Um site sem links não consegue se posicionar bem e, consequentemente, recebe pouco ou quase nenhum tráfego orgânico.

“Para conseguir bons resultados, primeiro, é preciso garantir um conteúdo relevante para fazer o site se diferenciar dos concorrentes. Escolha portais que tenham relevância para seu tema e autoridade no assunto, pois acabam impactando mais e priorize as páginas relacionadas com o seu produto”, explica Thiago Mazeto, Head de experiência do cliente na Tray.

Os conteúdos de relevância podem ser informativos, histórias de clientes e até uma página para exibir cupons ativos ou concursos no portal. Dependendo do nicho, pode ser interessante fornecer informações para seu cliente. Outra dica é priorizar os termos com maior volume de pesquisa, incluir imagens, vídeos e vincular o conteúdo às suas páginas de venda, evitando que o usuário abandone a página do produto para buscar mais informações em outros sites.

“Para garantir um bom engajamento existem algumas técnicas para gerar links. Os Guest Posts, conhecidos como artigos convidados, são sites que falam de assuntos do universo da sua empresa. Tem conteúdo original e de qualidade, com links relevantes. Você também pode acompanhar as menções a sua marca em portais de notícias, blogs e outras páginas da internet. Se você monitorar, pode entrar em contato e solicitar um link para sua marca. Os links quebrados também são muito usados, pois você estará ajudando a melhorar o outro site corrigindo um erro. Localize os links quebrados e, depois, sugira conteúdos para substituí-los”, conta Thiago.

Para adquirir confiança dos mecanismos de pesquisas, a dica é ficar atento às boas práticas definidas pelo Google. Na hora de definir quais sites utilizar, vale priorizar aqueles com bom volume de acessos, certificado de segurança, que estejam bem ranqueados no Google, que não façam spam e que não tenham muitos anúncios. “As estratégias são importantes para atrair tráfego orgânico, assim, sua empresa não dependerá apenas de mídias pagas”, finaliza.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta