* Por Vinícius Bicalho

Particularmente, adoro começos de ano! A sensação de relaxar o corpo e a mente e em troca ganhar uma injeção de ânimo que nos motiva a fazer novos planos e colocar no papel ideias que ficaram na cabeça é fascinante. Estou com uma expectativa enorme para 2020, com a economia dando sinais reais de retomada, que se eu pudesse dar um conselho para aquelas pessoas que sonham em empreender diria que não existe melhor momento que esse para arriscarem.

Entendo que em períodos de incertezas e recursos escassos, cometer um erro pode prejudicar ainda mais o orçamento, mas deixo claro que há uma grande diferença entre arriscar e fazer loucura. Explico: arriscar é investir em um determinado ramo com elementos que dão segurança ao empresário, como bons profissionais de gestão e aspecto legal fornecendo todo apoio e suporte nessa tacada. Loucura, por sua vez, é apostar em algo sem se precaver minimamente.

O mercado de franquias, por exemplo, é altamente promissor para quem tem o objetivo de empreender. Com opções para os mais variados perfis e custos de investimento inicial que variam bastante, basta optar por aquela que mais se assemelha com você.  Já para quem deseja ser dono do próprio negócio, ter um contrato societário bem redigido, verificar os aspectos trabalhistas e tributários, e conferir se as marcas e patentes estão devidamente protegidas, faz parte do processo para não colocar a grana em risco.

Um dia li uma frase que me marcou bastante. Ela dizia que os empreendedores não quebram, mas sim desistem no meio do caminho. E é exatamente isso. No mundo dos negócios existe um tempo de maturação que nos obriga a ter paciência. Isso em qualquer segmento. A própria Bicalho tem quase 20 anos no mercado e não foi um projeto que deu certo imediatamente. Por muitos anos conciliei a minha vida de advogado com a de professor universitário para honrar os compromissos do início da operação.

Apesar de no Brasil as taxas de juros serem elevadíssimas, vivemos em um período onde a remuneração cobrada pelo empréstimo de dinheiro nunca esteve tão baixa – o que pode ser mais um incentivador para os cidadãos darem o pontapé inicial, procurando por uma instituição financeira para dar um apoio nesse começo.  Desculpas para abdicar e migrar para outra atividade vão surgir aos montes e o tempo todo, mas se você estiver preparado para encarar esse momento, você já está no meio do caminho para o sucesso. Se eu tivesse desistido lá atrás, talvez estaria em algo que não fosse o meu sonho ou real propósito. Pense nisso!


Vinicius Bicalho é mestre em direito no Brasil e EUA e especializado em Negócios Internacionais, atuando há 17 anos como sócio na Bicalho Consultoria Legal.

ESPAÇO DO EMPREENDEDOR

Espaço Exclusivo para Empreendedores transmitirem conhecimento, desafios e experiências sobre aceleração, captação de investimentos, planejamento de marketing, escalabilidade, feiras e missões comerciais, internacionalização; know how sobre modelagem de negócios, mentoria, MVP, pivotagem, relação com investidores, com sócios, com clientes…e muito mais!

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta