Sem barreiras para a exposição, a conexão e a venda das camisas, empreendedores da Seu Mané Camisaria se fortalecem nas redes sociais durante a crise, com sintonia também no amor

Uma marca pernambucana, independente e criativa, voltada por completo para o atendimento digital desde o primeiro contato com o cliente até a finalização da compra. Camisas masculinas e femininas com estampas únicas, coloridas e autenticas, bem diferente das habituais, são a marca registrada do DNA da Seu Mané Camisaria, empresa que nasceu em Caruaru. O negócio foi idealizado pelo casal Thays Lima e Emanoel Magalhães. Seja em qualquer estação do ano, com desenhos para cada uma, as camisas contam boas histórias e pretendem deixar quem as veste sempre com estilo.

“Ah, a Seu Mané é muito a gente. É massa sermos companheiros e termos o nosso negócio juntos. A nossa sintonia é muito boa, e acho que a Seu Mané traduz muito disso: a gente bota cor, amor, troca energia, corre atrás e, no final, sempre dá certo. É um motivo a mais pra nós unirmos e pra sonharmos juntos!”. Assim destaca Thays, referindo-se a empreender ao lado de quem se ama, nesse caso, o seu noivo Emanoel, durante os quatro anos à frente da empresa. E, assim como as estampas de diferentes estilos escolhidas a dedo até chegar a uma conexão intensa, o casal também dá match.

Sobre empreender a dois em tempos de crise, os proprietários enxergaram neste período o momento de oportunidade para rever os valores como marca e estar mais presente e de forma útil, fortalecendo a relação com cada cliente. “A gente já trabalhava com o digital, mas esse momento veio para nos mostrar que precisamos investir ainda mais. Com a quarentena, houve uma queda nas vendas presenciais nas lojas de revenda, e percebemos que tínhamos que ir ainda mais forte pro digital. Estamos nos programando para voltar com um site próprio, um e-commerce, porque atualmente estávamos vendendo só pelo Instagram e WhatsApp, e com toda essas mudanças percebemos que podemos tornar a Seu Mané ainda mais acessível e profissional. Estamos investindo nisso”, contou Thays.

Todo o processo de busca para driblar a crise provocada pela pandemia começou com a campanha social da Seu Mané. Reaproveitando os tecidos das roupas e fazendo máscaras que foram trocadas por alimentos, os quais foram doados às famílias carentes da zona rural de Caruaru. Esse foi o início, conta Thaís, da volta das atividades: “Iniciamos a movimentação com as máscaras, que foram doadas, e acho que isso nos deu força, pois renovamos a conexão com nossos clientes e voltamos a divulgar nossos produtos. E, para tornar essas compras mais acessíveis, aplicamos um desconto em todas as peças”.

Formatada desde o início para o comércio online e com seguidores bastante engajados, a empresa entrou no digital antes mesmo da primeira venda. “Estávamos ali no Instagram, avisando que iríamos chegar. Acredito que hoje não é possível começar um negócio sem estar online. Tá todo mundo conectado”, contou Emanoel, acrescentando, também, a ajuda que as vendas online deram ao seu negócio. “Acredito que conseguimos ser vistos e atingir o nosso público nas redes sociais. Com a tecnologia conseguimos atingir pessoas em todo o país, algo que só com um ponto físico seria muito mais difícil. Hoje, não temos barreiras”.

“Houve uma mobilização geral em prol dos pequenos negócios que nos ajudou muito. A gente nunca fez promoção por tanto tempo, e essa estratégia também foi uma forma de mostrar que a gente queria dar algo em troca pra essa galera que vem nos fortalecendo. Tem cliente da Bahia, do Rio e de Brasília comprando, é como se a gente recebesse um abraço de cada lugar do país”, lembra Emanoel. Ele ressaltou também que a confecção da Seu Mané é manual e feita por costureiras locais, gerando renda para a região e fortalecendo o mercado local.

Inspirada numa figura imagética do “Seu Mané”, um senhorzinho simpático com um bigode emblemático que provavelmente as pessoas irão encontrar na feira livre de alguma cidadezinha de Pernambuco, a marca tem como principal objetivo transmitir e compartilhar toda a cultura local, pegando emprestado, assim, o apelido “Mané” de um dos proprietários, Emanoel Magalhães, também um nome popular na região.

Serviço

Seu Mané Camisaria:

Instagram: @seumanecamisaria

WhatsApp Seu Mané: 81 9230-3033

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta