O BTG Pactual (BPAC11) anunciou hoje um acordo para aquisição de 49% da CredPago, permanecendo o controle com os sócios fundadores da empresa de soluções para o mercado imobiliário. O valor da transação não foi revelado.

Segundo Leonardo Felix, sócio responsável pela Seguradora do BTG Pactual, o Banco já observou um crescimento expressivo, além de um maior potencial de expansão, mesmo com a pandemia.

“Nossa parceria iniciada em janeiro, quando um fundo gerido pelo BTG Pactual comprou 20% da CredPago, contribuiu para que o número de imobiliárias vinculadas à empresa desse um salto de 30%, incluindo a adesão de algumas das maiores do País. Acreditamos que o pioneirismo da CredPago e a robustez do BTG Pactual alavancam o desempenho da empresa, e evidenciam o enorme potencial que ainda temos a explorar”, destaca o executivo.

Ainda segundo a empresa, atualmente, mesmo em meio à pandemia, a proptech produz mensalmente mais contratos imobiliários do que no início do ano, nos meses pré-coronavírus. Em junho, o número de contratos gerados cresceu 173% na comparação com o mesmo mês do ano passado. Hoje, já são 60 mil sob gestão (eram 43 mil em janeiro).

“Revolucionamos a experiência do aluguel ao simplificar a jornada de locação e nos consolidamos como verdadeiros parceiros das imobiliárias. A entrada do BTG Pactual impulsionou ainda mais nosso crescimento e a taxa de conversão”, ressalta Jardel Rocha, sócio fundador da CredPago.

A CredPago foi fundada em 2016 com o objetivo de desburocratizar o mercado imobiliário e desenvolveu uma solução disruptiva para substituir a figura do fiador na locação de imóveis, permitindo ao locatário fazer o processo em poucos cliques e pagar com cartão de crédito.

O negócio reforça ainda mais a presença do banco no setor imobiliário. A parceria com o BTG Pactual também está alinhada com a estratégia da CredPago de ampliar a oferta de produtos inovadores e fidelizar os canais de distribuição. A proptech busca acelerar seu crescimento em um mercado estimado de 13 milhões de moradias locadas (17% do total) que movimenta R$ 150 bilhões ao ano.

Em janeiro, um fundo gerido pelo BTG Pactual já havia adquirido 20% da CredPago. A conclusão da atual transação depende de aprovação do Banco Central.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta