A Olist, tech startup que tem a missão de empoderar o comércio, através de um ecossistema de soluções de vendas que aliam tecnologia e inteligência de mercado para o e-commerce, anunciou investimento na nocnoc, startup que viabiliza a comercialização de produtos oriundos de vendedores estrangeiros em marketplaces na América Latina, principalmente o Brasil. O valor não foi divulgado.

Os recursos serão destinados para o crescimento da empresa, sobretudo na atração de talentos para os times de produto e tecnologia. A Olist proporcionará, ainda, suporte estratégico e operacional, visando o sucesso da startup e a escalada de suas operações.

História da nocnoc

Fundada em 2018 por Ilan Bajarlia, Diego Szilagyi e Joaquín Colella, a nocnoc permite que os marketplaces latino-americanos entrem no mundo internacional e capacite vendedores internacionais, a fim de aumentar o volume de vendas na América Latina. Para tornar isso possível, criou um sistema de soluções para otimizar e apoiar cada etapa do processo de venda.

Os usuários têm acesso aos principais marketplaces da América Latina, como Argentina, Brasil, Colômbia e Peru, com um único cadastro, solução logística de ponta a ponta, auxílio com procedimentos aduaneiros, sistema internacional de pagamentos, expertise do mercado local e de vendas, suporte a clientes, entre outros.

“Encontramos na nocnoc um time de alto nível muito motivado e um produto com muito potencial. Estamos muito entusiasmados com o investimento, que ajudará a nocnoc a acelerar planos de crescimento, ganhar mercado e evoluir produto e tecnologia. O movimento também está muito alinhado com o plano estratégico da Olist”, conta Eduardo Ferraz, CFO da startup.

Para a nocnoc, o aporte será essencial para alavancar a rede mundialmente, mas com foco especial no Brasil. “Com o apoio, nossa expectativa é crescer e escalar a rede global de vendedores de forma mais rápida e investir o capital em tecnologia e produto. Sobretudo no Brasil, vamos aplicar em sortimento de artigos, melhorias para localização e logística e assim, também entender o comportamento do consumidor brasileiro”, explica Ilan Bajarlia, CEO e cofundador na nocnoc.

Com usuários em 170 países e mais de 100 mil lojas virtuais, a Olist tem a expertise necessária para isso. Fundada em 2015, a startup é hoje uma das principais plataformas de e-commerce do Brasil. Sua última rodada de investimentos, realizada no final de 2020 e que levantou R$ 310 milhões, está sendo utilizada para impulsionar o crescimento de base de clientes, evolução do produto e investimentos em M&As e novas unidades de negócio, como a nocnoc. A nocnoc é o terceiro investimento realizado pelo Olist nos últimos três meses, depois de PAX Logística e Clickspace.


Quer acompanhar de perto todos os investimentos no ecossistema de startups? Siga as redes sociais Startupi e acesse nosso ranking de investimentos do mês.

Publicação Original


0 comentário

Deixe uma resposta